Ataque de soldados malinenses a acampamento deixa feridos

Segundo o exército do Mali, o acampamento era formado por rebeldes

Bamako – Várias pessoas ficaram feridas nesta sexta-feira quando soldados de diferentes corpos do exército malinense atacaram em Bamaco um acampamento de “boinas vermelhas” próximos ao ex-presidente Amadou Toumani Touré, derrubado em março de 2012, informaram à AFP uma fonte militar e várias testemunhas.

“Desde as 06h00 locais (04h00 de Brasília), militares fortemente armados, de diferentes corpos, atacaram o acampamento. Neste mesmo momento estão disparando contra nossas mulheres e nossos filhos”, declarou Yaya Bouaré, um “Boina Vermelha” que se encontra no acampamento atacado.

“Há vários feridos no acampamento”, acrescentou. Suas declarações foram confirmadas por habitantes do acampamento.