Ataque de drone mata seis no noroeste do Paquistão

Duas vítimas pertenciam à rede Haqqani, o grupo taleban mais violento do Afeganistão, considerado uma organização terrorista pelo governo dos Estados Unidos

Peshawar (Paquistão) – Seis supostos integrantes do movimento taleban morreram nesta quinta-feira em um ataque com drone americano no noroeste do Paquistão, no primeiro ataque deste tipo na província de Khyber Pakhtunkhwa.

Duas vítimas pertenciam à rede Haqqani, o grupo taleban mais violento do Afeganistão, considerado uma organização terrorista pelo governo dos Estados Unidos.

O alvo do ataque era um edifício religioso da rede Haqqani em uma cidade do distrito de Hangu, perto das áreas tribais do noroeste do país, segundo as autoridades locais.

Este foi o primeiro ataque com drone desde a morte de Hakimullah Mehsud, líder do grupo Tehreek-e-Taliban Pakistan (TTP), que faleceu em 1º de novembro em uma ação americana no Waziristão do Norte, uma zona tribal do norte do Paquistão.

“O disparo de um drone contra um seminário matou seis pessoas e deixou um ferido”, disse à AFP Farid Khan, comandantes da polícia local.

Integrantes das forças de segurança identificaram dois mortos como o mulá Ahmad Khan e o mulá Hameedullah, ambos integrantes da rede Haqqani.