Ataque da Al Qaeda no Iêmen deixa pelo menos 18 mortos

Pelo menos 18 soldados iemenitas morreram e seis ficaram feridos em um ataque lançado por supostos combatentes da Al Qaeda

Sana – Pelo menos 18 soldados iemenitas morreram e seis ficaram feridos nesta segunda-feira em um ataque lançado por supostos combatentes da Al Qaeda contra um posto de controle militar na província de Hadramut, no Iêmen, informou a agência oficial de notícias “Saba”.

O ataque ocorreu na histórica cidade de Shibam, no momento em que os militares almoçavam, indicaram as fontes citadas pela agência. Os agressores usaram bombas e fuzis de assalto no ataque, segundo a “Saba”.

Em 16 de janeiro, oito soldados morreram em vários ataques simultâneos da Al Qaeda em três instalações militares na cidade de Rada, no centro do país.

Há cinco dias, um oficial da polícia judiciária iemenita foi assassinado por um grupo de homens armados, também na província de Hadramut.

Os Estados Unidos consideram o Iêmen um país importante em sua luta contra a Al Qaeda e avalia que o braço dessa organização na Península Arábica, com base no Iêmen, é um dos mais perigosos e ativos da rede terrorista.