Ataque a uma lanchonete em Burkina Faso deixa 18 mortos

Até o momento não se sabe a nacionalidade das vítimas, ainda que se acredite que sejam de várias nacionalidades

Ouagadougou – Pelo menos 18 pessoas morreram e dez ficaram ficaram feridas em um ataque realizado por dois homens armados a uma lanchonete da capital de Burkina Faso, Ouagadougou informou o Governo.

Os agressores abriram fogo por volta das 21h (horário local, 18h de Brasília) da noite passada na cafeteria Istambul, situada na avenida Kwameh Nkrumah da capital.

A operação das forças de segurança se prolongou até a madrugada quando a Polícia abateu os agressores.

Até o momento não se sabe a nacionalidade das vítimas, ainda que se acredite que sejam de várias nacionalidades.

Em Ancara, o Ministério de Exteriores da Turquia já confirmou a morte de um turco entre as vítimas do ataque.

Entre os feridos estão membros das forças de segurança que foram para a região para combater os agressores, segundo o porta-voz do Governo, Remeus Dandjinou.

O Governo abriu uma investigação para esclarecer os fatos, assegurou em um comunicado.

O presidente do país, Roch Marc Christian Kaboré, condenou energicamente o ataque, deu seus pêsames às famílias das vítimas e desejou a recuperação dos feridos.

“O valente povo de Burkina Faso oporá uma resistência sem concessões ao terrorismo e aos inimigos do progresso da nossa pátria”, disse o presidente.