Ataque à Síria combina ataques aéreos e a partir de navios, diz CNN

O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou hoje "ataques de precisão" contra as "capacidades de armamento químico" de Assad.

Washington – A ofensiva militar iniciada nesta sexta-feira por Estados Unidos, Reino Unido e França contra o governo de Bashar al Assad combina ataques aéreos e mísseis lançados a partir de navios no Mediterrâneo, segundo fontes citadas pela rede de televisão “CNN”.

O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou hoje “ataques de precisão” contra as “capacidades de armamento químico” de Assad.

Em ataque parecido ordenado por Trump no ano passado, os EUA utilizaram seus navios de guerra no Mediterrâneo para bombardear posições das forças de Assad.