Ataque a igreja na Chechênia deixa sete mortos, incluindo 4 atiradores

O líder regional checheno, Ramzan Kadyrov, disse que os atiradores tentaram fazer reféns dentro da Igreja Arcanjo Miguel, no centro da capital Grozny

Moscou – Quatro atiradores atacaram neste sábado uma igreja ortodoxa na província da Chechênia, na Rússia, mas foram mortos por forças de segurança em um conflito que também tirou a vida de dois policiais e um frequentador do templo.

O líder regional checheno, Ramzan Kadyrov, disse que os atiradores tentaram fazer reféns dentro da Igreja Arcanjo Miguel, no centro de Grozny, capital da província. Em um pronunciamento veiculado por agências de notícias russas, ele afirmou ainda que supervisionou pessoalmente uma operação especial em que os autores do ataque foram mortos.

O Comitê Investigativo, principal autoridade de investigação da Rússia, declarou que os atiradores carregavam armas e facas. A agência de notícias Interfax atribuiu à polícia chechena a afirmação de que os quatro autores do ataque também estavam armados com machados e bombas de gasolina.

Autoridades não identificaram os atiradores, mas Kadyrov alegou que informações de inteligência indicavam que eles teriam recebido ordens para o ataque “de uma nação ocidental”. (Associated Press)