Assentamentos de Israel na Cisjordânia é provocação, diz Erdogan

Israel anunciou planos no mês passado para mais três mil casas de assentamentos na Cisjordânia ocupada

Ancara – O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, condenou nesta segunda-feira a decisão de Israel de acelerar a construção de assentamentos na Cisjordânia como uma “provocação absoluta”.

Israel anunciou planos no mês passado para mais três mil casas de assentamentos na Cisjordânia ocupada.

O país também legalizou retroativamente cerca de quatro mil casas construídas em terras palestinas privadas, em uma ação que gerou condenação da Organização das Nações Unidas e União Europeia.

Erdogan fez os comentários em discurso no Barein durante visita oficial. Seus comentários foram transmitidos ao vivo na TV turca.

A Turquia e Israel normalizaram relações no ano passado após uma ruptura de seis anos, quando 10 ativistas turcos pró-Palestina foram mortos por comandos israelenses que atuavam em um bloqueio naval da Faixa de Gaza.