Assembleia Geral da ONU analisará na quarta situação em Gaza

O encontro, convocado hoje a pedido do grupo de países árabes, acontecerá na quarta-feira às 10h (11h em Brasília), indicou em nota o presidente da Assembleia

Nações Unidas – A Assembleia Geral da ONU anunciou nesta segunda-feira que se reunirá na quarta-feira para analisar a situação em Gaza, em uma sessão especial que terá a participação de vários dos principais responsáveis das Nações Unidas.

Entre eles estarão a Alta comissária para os Direitos Humanos, Navi Pillay; o enviado especial das Nações Unidas para o Oriente Médio, Robert Serry; e a coordenadora adjunta de Ajuda de Emergência da ONU, Kyung-wha Kang.

Também participará o comissário geral da Agência da ONU para os Refugiados Palestinos (UNRWA), Pierre Krähenbühl.

O encontro, convocado hoje a pedido do grupo de países árabes, acontecerá na quarta-feira às 10h (local, 11h em Brasília), indicou em nota o presidente da Assembleia, John Ashe.

O órgão, que inclui os 193 membros das Nações Unidas, não abordou por enquanto a atual crise em Gaza, que foi discutida várias vezes no Conselho de Segurança, embora não tenha sido aprovada nenhuma resolução vinculativa sobre o conflito.

Por enquanto, os países árabes não indicaram se pretendem apresentar à Assembleia Geral a aprovação de algum documento na sessão da quarta-feira.

Nas últimas horas, a Jordânia circulou uma minuta de resolução do Conselho de Segurança, mas diante das dificuldades que poderia encontrar ali, também cabe a possibilidade de levá-la à Assembleia, onde as decisões não são vinculativas, mas também onde nenhum país tem poder de veto.