As pessoas mais poderosas do mundo, segundo a Forbes

Todos os anos, a revista Forbes avalia líderes, investiga o impacto que os seus movimentos têm no planeta e elege os mais influentes. Veja quem são eles

São Paulo – Todos os anos, a influente revista Forbes avalia líderes, empresários personalidades do entretenimento e investiga o impacto que os seus movimentos têm na conjuntura mundial. O resultado dessa análise é a lista das pessoas mais poderosas do ano, cuja edição 2018 foi divulgada nesta semana.

E há novidades nesta lista na comparação com o ano passado. A maior delas está justamente no topo, que hoje traz o presidente da China, Xi Jinping, na posição da pessoa mais poderosa do planeta.

Segundo a publicação, a confirmação de Xi como líder chinês agora por prazo indefinido não deixa dúvidas sobre o tamanho do seu poder e influência na liderança do país que caminha a passos largos rumo ao título de maior economia do mundo. Uma conquista que veio após uma reforma constitucional aprovada por unanimidade entre os delegados do Partido Comunista.

O presidente chinês é seguido de Vladimir Putin, presidente da Rússia e antes detentor da primeira colocação do ranking. Putin obteve uma vitória esmagadora nas eleições gerais do país que aconteceram março e conquistou mais um mandato presidencial por força de 77% dos eleitores. Com isso, completará 25 anos na liderança em 2024, desbancando Joseph Stalin como o líder que mais tempo passou no poder.

E onde está o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump? Caiu uma posição e hoje está no terceiro lugar. Segundo a Forbes, embora líder do país que é a maior economia do mundo e a maior potência militar, Trump enfrenta turbulências domésticas consideráveis, como o fato de não conseguir se entender com o Congresso, cuja maioria é controlada pelo seu próprio partido, e está envolvido em investigações e escândalos em diferentes áreas da vida.

Veja abaixo quais são as pessoas que ocupam as dez primeiras colocações do ranking:

  • 1º – Xi Jinping, presidente da China
  • 2º – Vladimir Putin, presidente da Rússia
  • 3º – Donald Trump, presidente dos EUA
  • 4º – Angela Merkel, chanceler da Alemanha
  • 5º – Jeff Bezos, CEO da Amazon.com
  • 6º – Papa Francisco
  • 7º – Bill Gates, cofundador da Microsoft e fundador da Bill & Melinda Gates Foundation
  • 8º –   Mohammed bin Salman Al Saud, príncipe da Arábia Saudita
  • 9º – Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia
  • 10º Larry Page, CEO da Alphabet Inc.