Arquivos de avião da EgyptAir são devolvidos ao Egito

Uma das caixas-pretas da aeronave foi consertada na França, o que deixará os investigadores mais perto de descobrir o que ocorreu no acidente

Cairo – Arquivos de dados do voo MS804 da EgyptAir foram enviados ao Egito nesta terça-feira depois que uma das caixas-pretas do avião caído foi consertada na França, o que deixará os investigadores mais perto de descobrir o que ocorreu com a aeronave.

O Airbus A320 da empresa aérea egípcia caiu no leste do Mar Mediterrâneo quando voava de Paris ao Cairo no dia 19 de maio, matando todas as 66 pessoas a bordo. A causa da queda continua desconhecida.

O gravador de dados de voo do avião foi reparado em laboratórios do Escritório de Inquéritos e Análises para a Segurança da Aviação Civil da França (BEA) no final da segunda-feira, e os arquivos de dados foram encaminhados para o Egito nesta terça-feira, disseram investigadores egípcios.

“O arquivo de dados foi transferido para o Cairo hoje para a decodificação, validação e estudo dos dados nos laboratórios do departamento central de acidentes de aviação do Ministério da Aviação Civil”, informou o comitê de Investigação de Acidentes de Avião egípcio.

O processo irá levar vários dias, disse o comitê, e os consertos na segunda caixa-preta, o gravador de voz da cabine, começou nesta terça-feira.

Cartões de memória danificados das caixas-prestas do voo MS804 da EgyptAir foram enviados à França na segunda-feira para consertos. Investigadores egípcios passaram dias tentando reparar os chips, que lhes permitiriam começar a transcrever e analisar as gravações e os dados registrados que poderiam fornecer um vislumbre do que causou o acidente.