Argentina apelará da decisão dos EUA sobre dívida

País continuará apelando da decisão que ordenou que o país sul-americano pague detentores de bônus inadimplentes

Buenos Aires – A Argentina continuará apelando da decisão de um tribunal norte-americano que ordenou que o país sul-americano pague detentores de bônus inadimplentes e pode levar sua batalha legal à Suprema Corte dos Estados Unidos, disse o ministro da Economia argentino, Hernán Lorenzino a jornalistas nesta quinta-feira.

Lorenzino disse que o juiz dos EUA Thomas Griesa não tem autoridade para decidir em um caso aberto por credores que se recusaram a participar de duas reestruturações da dívida argentina, depois do imenso calote em 2002. Ele descreveu o veredito como “colonialismo legal”.