Área de terremoto no Chile em 2010 é atingida por 3 tremores

De acordo ao Escritório Nacional de Emergência, movimento atingiu nessa região intensidade entre 4 e 5 graus na escala de Mercalli

Santiago do Chile – Três tremores, o maior de 5,9 graus na escala aberta Richter, foram sentidos entre a sexta-feira à noite e este sábado nas regiões chilenas afetadas pelo terremoto de 27 de fevereiro de 2010.

O abalo mais significativo ocorreu às 23h58 de sexta-feira (0h58 deste sábado em Brasília) com epicentro no litoral de Lebu, na região do Bío-Bío, a 530 quilômetros ao sul de Santiago, informou o Serviço Sismológico da Universidade de Chile.

De acordo ao Escritório Nacional de Emergência (Onemi), o movimento atingiu nessa região intensidade entre 4 e 5 graus na escala de Mercalli, que oscila de um a 12.

O terremoto foi sentido com intensidade entre 5 e 3 graus na região do Maule, entre 4 e 3 em Araucanía e de 3 em Los Rios.

Depois ocorreram mais dois tremores de menor magnitude, o primeiro de 4 graus Richter às 5h41 (6h41 de Brasília) foi percebido em Concepción, capital de Bío-Bío, mas desta vez em terra firme. O sismo foi percebido com intensidade de 4 graus em diferentes localidades dessa região.

Às 7h31 (8h31 de Brasília) a terra voltou a tremer em frente ao litoral de Lebu, com magnitude de 4,3 graus.

O terremoto de 2010, com magnitude de 8,8 graus, foi o sexto mais forte registrado na história no mundo e gerou tsunami no litoral do Chile. Mais de 500 pessoas morreram e 800 mil foram atingidas pelos fenômenos. EFE