Arábia Saudita identifica autor de atentado contra mesquita

O governo saudita confirmou que o atentado foi vinculado ao grupo Estado Islâmico (EI), que reivindicou o ataque

A Arábia Saudita afirmou neste sábado ter identificado o autor do atentado suicida cometido na sexta-feira contra uma mesquita xiita a leste do reino, onde 21 pessoas morreram. O governo saudita também confirmou que o atentado foi vinculado ao grupo Estado Islâmico (EI), que reivindicou o ataque.

“Seu nome era Saleh ben Abdulrahman Saleh al Ghishami, de nacionalidade saudita. Ele era procurado por pertencer a uma célula terrorista e recebia ordens de Daesh (acrônimo árabe do EI) do exterior”, segundo um comunicado do ministério do Interior difundido pela agência oficial SPA.

Este foi o atentado anti-xiita mais violento na Arábia Saudita nos últimos anos.

O EI reivindicou o atentado cometido na sexta-feira, provocando a indignação da comunidade internacional.

“O atentado terrorista deixou 21 mortos e 81 feridos, 12 deles em estado crítico”, anunciou um porta-voz do ministério saudita da Saúde citado pela agência oficial SANA.

O EI reivindicou o ataque horas depois da sua realização. “Os soldados do califado são os autores do atentado”, afirmou o grupo em comunicado difundido por portais de notícias islamitas.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas condenou o atentado e declarou que o grupo EI “deve ser derrotado”.