Arábia Saudita ataca depósito de armas no Iêmen

As explosões foram tão violentas que fizeram voar peças de artilharia, tendo uma delas caído no telhado de um edifício residencial

Sanaa – Poderosas explosões abalaram a capital iemenita, Sanaa, nesta segunda-feira, após um ataque aéreo da coalizão liderada pela Arábia Saudita, que atingiu um depósito de armas e munições dos rebeldes xiitas huthis.

O ataque teve como alvo o depósito e um campo militar localizados no Mont Noqom, uma colina com vista para os subúrbios do leste da capital, disseram testemunhas.

As explosões foram tão violentas que fizeram voar peças de artilharia, tendo uma delas caído no telhado de um edifício residencial, segundo as testemunhas.

Ainda não há informações sobre vítimas.

Colunas de fumaça se formaram acima do local bombardeado.

O ataque ocorre num momento em que a coalizão intensificou os ataques no Iêmen, incluindo em Sanaa, na véspera de um cessar-fogo.

Esta trégua foi anunciada para terça-feira pela Arábia Saudita que, à frente da coalizão, lançou uma operação militar em 26 de março para impedir a rebelião xiita pró-iraniana tomar o controle de todo o território iemenita.

Um ataque anterior contra uma base em Sanaa, controlada pelos rebeldes, provocou explosões sem precedentes, que mataram 38 pessoas e feriram 532 civis em 21 de abril.