Apresentador da BBC é indiciado por atentado ao pudor

BBC anunciou imediatamente a suspensão do jornalista em questão, Stuart Hall, de 82 anos

Um apresentador da BBC foi indiciado esta quarta-feira por atentado ao pudor, por atos que remontam aos anos 1970 e 1980 e envolvem uma menina e dois adolescentes com idade entre 9 e 16 anos, informou a polícia.

A BBC anunciou imediatamente a suspensão do jornalista em questão, Stuart Hall, de 82 anos, conhecido por seus comentários bem-humorados e eruditos de partidas de futebol na BBC Radio.

“Em razão da natureza muito grave das acusações, Stuart Hall não trabalhará mais à BBC durante a investigação da polícia”, informou o grupo audiovisual.

Os crimes que são atribuídos a ele foram cometidos entre 1974 e 1984, segundo a polícia.

Stuart Hall, ex-apresentador do programa “Its a Knockout”, uma adaptação do francês “Intervilles”, foi preso em sua casa esta quarta-feira em Wilmslow, perto de Manchester, no noroeste da Inglaterra, antes de ser libertado sob caução.

Sua acusação ocorre em um momento em que a BBC atravessa uma profunda crise, após um duplo escândalo de pedofilia e denúncia caluniosa, que provocou a demissão, em novembro, de seu diretor-geral George Entwistle.

A BBC é suspeita de ter abafado um escândalo de pedofilia envolvendo um antigo apresentador estrela, Jimmy Savile, falecido em 2011. A crise aumentou quando o grupo admitiu ter difundido, no começo de novembro, no âmbito de um outro caso, uma investigação baseada em falsas acusações de pedofilia contra uma ex-autoridade política.

A polícia não deu detalhes de se o indiciamento de Stuart Hall teve algum vínculo com o caso Savile.