Após passar por São Paulo, ‘mula’ venezuelana é presa

Quantidade de cocaína apreendida era suficiente para ser transformada em mais 4,7 mil doses individuais da droga

Lisboa – As autoridades portuguesas anunciaram nesta segunda-feira que um venezuelano vindo de São Paulo foi preso no aeroporto internacional de Lisboa, em Portugal, com 954 gramas de cocaína em seu organismo.

A Polícia Judiciária (PJ) de Portugal informou que a prisão aconteceu na última sexta-feira e também acrescentou que a quantidade apreendida era suficiente para ser transformada em mais 4,7 mil doses individuais da droga.

Além da quantidade de cocaína, a polícia também apreendeu dinheiro, telefones celulares e diversos documentos com o venezuelano, que teve prisão preventiva decretada.

A utilização das chamadas ”mulas” é uma prática cada vez mais usada pelos traficantes internacionais para transportar drogas da América Latina para vários países europeus. A cocaína, grande parte dela procedente do Brasil, e o haxixe são as drogas mais apreendidas pelas autoridades portuguesas em aeroportos.