Após críticas sobre gestão, prefeito de Pequim renuncia

Renúncia foi aceita pelo Comitê Permanente do Congresso da Prefeitura de Pequim e Guo Jinlong será substituído pelo tenente Wang Anshun

Pequim – O prefeito de Pequim, Guo Jinlong, apresentou sua renúncia, que foi aceita pelo Comitê Permanente do Congresso da Prefeitura de Pequim, e será substituído pelo tenente de prefeito Wang Anshun, informou nesta quarta-feira a agência oficial “Xinhua”.

A fonte oficial não deu detalhes sobre as razões da renúncia de Guo, que visitou o distrito mais afetado (Fangshan, ao sudoeste do núcleo urbano) pelas fortes chuvas na capital chinesa no sábado passado. A água caiu de forma ininterrupta durante 20 horas e causou ao menos 37 mortes.

O departamento de propaganda do Governo local pedira à imprensa que informasse somente de “enfoques positivos” do desastre natural, como trabalhos de resgate ou demonstrações de solidariedade.

A substituição de Guo, que foi eleito secretário-geral do Partido Comunista da China (PCCh) em Pequim, não é de todo inesperada, já que estava previsto que deixasse a Prefeitura após receber esse cargo.

No entanto, muitos moradores de Pequim criticaram através das redes sociais a gestão da Prefeitura por não ter tomado medidas de prevenção, apesar de as fortes tempestades – as piores em 60 anos na cidade – terem sido previstas pelos meteorologistas.