Após ataque a refinarias, EUA enviarão tropas à Arábia Saudita

Mas o chefe do Pentágono, Mark Esper, não anunciou quantos soldados serão enviados ao Oriente Médio; objetivo será a defesa aérea e de mísseis na região

Washington — O chefe do Pentágono, Mark Esper, anunciou nesta sexta-feira o envio de tropas — sem revelar quantos soldados nem quais equipamentos serão mobilizados — à Arábia Saudita como resposta ao recente ataque a duas refinarias pelo qual os governos americano e saudita culpam o Irã.

“O presidente dos EUA (Donald Trump) aprovou o envio de forças americanas que serão de natureza defensiva e terão foco principalmente na defesa aérea e de mísseis”, disse Esper em entrevista coletiva.