Apoiadores de Trump tentam impedir recontagem em Wisconsin

O movimento entrou com um processo federal alegando que a recontagem, que começou ontem, ameaça os direitos dos eleitores de Trump

Michigan – Apoiadores do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, entraram com um processo federal tentando impedir a recontagem dos votos das eleições presidências em Wisconsin.

A ação judicial e o pedido de uma ordem de restrição foram arquivados ontem à tarde no tribunal federal de Madison. O processo alega que a recontagem, que começou ontem, ameaça os direitos dos eleitores de Trump.

O republicano ganhou em Wisconsin e o pedido de recontagem foi solicitado pela candidata à presidência pelo Partido Verde, Jill Stein.

A ação também argumenta que erros são prováveis na recontagem, com os funcionários pressionados para cumprir o prazo de 13 de dezembro. Fonte: Associated Press.