Ao menos 30 morrem após colapso de túnel em mina de ouro no Afeganistão

Cerca de 50 mineiros ilegais estavam no local quando o incidente ocorreu

CABUL (Reuters) – Pelo menos 30 pessoas morreram neste domingo após o colapso do túnel que estavam cavando em uma mina de ouro no norte do Afeganistão, disseram autoridades, acrescentando que os mineiros não trabalhavam em projeto do governo.

“Pobres aldeões durante invernos tentam compensar os ganhos com mineração ilegal. Eles cavam túneis para entrar nas minas”, disse Nek Mohammad Nazari, um porta-voz do governo da província. Segundo ele, o túnel havia cedido.

O porta-voz da polícia da província de Badakhshan, Sanaullah Rohani, anteriormente havia dito que a causa do acidente, que ocorreu sob uma forte nevasca, teria sido deslizamento de terra.

Conforme Rohani, sete pessoas ficaram feridas e pelo menos 30 morreram enquanto trabalhavam no interior da mina no distrito de Kohistan.

Rohani afirmou que cerca de 50 mineiros ilegais estavam no local quando o incidente ocorreu e duas equipes de resgate foram destacadas para ajudar os feridos. Deslizamentos de terra são frequentes nas províncias montanhosas do norte do Afeganistão.

No ano passado, o governo assinou dois contratos para exploração de depósitos de cobre e outro nas províncias do norte, na tentativa de impedir atividade de mineração ilegal e reduzir a dependência de recursos naturais vindos do exterior.

(Por Paul Carrel)