ANP investiga vazamentos de petróleo da Petrobras

A estatal confirmou que 70 litros de água oleosa foram derramados da plataforma Cidade de Santos, no Campo de Uruguá

Rio de Janeiro – A Agência Nacional do Petróleo (ANP) informou que está investigando as causas do vazamento de água oleosa de uma plataforma da Petrobras, ocorrido no último dia 18, na Bacia de Santos. A estatal confirmou ontem (23) que 70 litros de água oleosa foram derramados da plataforma Cidade de Santos, no Campo de Uruguá.

Segundo a ANP, os outros dois vazamentos ocorridos em menos de um mês (o da plataforma P-43 na Bacia de Campos, em 13 de fevereiro, e o da área de Carioca Nordeste, na Bacia de Santos) também estão sendo investigados. Dependendo do resultado das investigações, a empresa será punida, de acordo com a ANP.

Por meio de nota, a Petrobras informou que dois barcos e uma aeronave foram mobilizados para a contenção do acidente do dia 18 e, ao final daquele dia, já não havia mais vestígios de água oleosa no mar.