Aneel fará mais 2 leilões de transmissão e 4 de geração

O primeiro leilão de transmissão deve reunir ativos de diversas regiões do Brasil e está previsto para o final de outubro ou o começo de novembro

São Paulo – A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) pretende fazer mais dois leilões de linhas de transmissão e quatro de geração de energia até o fim do ano.

Na lista, constam a licitação do primeiro linhão de transmissão de Belo Monte e os dois leilões de geração chamados de A-5, por garantir oferta de energia para daqui a cinco anos.

O primeiro leilão de transmissão deve reunir ativos de diversas regiões do Brasil e está previsto para o final de outubro ou o começo de novembro. O segundo será o primeiro certame do linhão de transmissão de Belo Monte e deverá ocorrer provavelmente na segunda quinzena de dezembro.

O linhão tem 2.100 quilômetros de extensão e tensão de 800 kV, para uma capacidade de 4 mil MW. A linha liga Belo Monte ao Terminal Minas, no norte de Minas Gerais, perto da região de Estreito. A linha deve entrar em operação no início de 2018.

O diretor da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), José Carlos de Miranda Farias, explicou que a energia gerada pelas primeiras máquinas de Belo Monte será escoada pelo linhão Tucuruí-Macapá-Manaus, em um total de 3 mil MW. A conexão até o Terminal Minas, apontada como segunda fase de escoamento de energia de Belo Monte, tem condições de absorver uma capacidade de 4 mil MW. Já os 4 mil MW restantes – Belo Monte terá capacidade para gerar 11 mil MW – devem ser escoados por uma linha chamada provisoriamente de Belo Monte-Nova Iguaçú (RJ).

Miranda, que participou na manhã desta sexta-feira, 12, do segundo leilão de transmissão feito pela Aneel neste ano, destacou que ainda não há uma definição de quando ocorrerá o leilão do terceiro trecho. Também estão indefinidos os valores estimados para a Receita Anual Permitida (RAP) oferecida para as operações da linha e investimentos previstos. A linha deve entrar em operação entre 2019 e 2020, dependendo do crescimento do mercado.

Geração

Além dos leilões de transmissão, a Aneel prevê três ou quatro certames de geração de energia no decorrer deste segundo semestre. No fim de agosto, acontecerão um leilão de energia de reserva e um leilão A-5. Em outubro, está previsto um leilão A-3, com entrega de energia dentro de três anos. Por fim, em dezembro, pode ser realizado um novo leilão A-5.