Aneel aprova queda de 2,26% na tarifa da Eletropaulo

O índice final já leva em conta a revisão tarifária negativa de 9,33 por cento aprovada na segunda-feira

Brasília – A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira um reajuste médio negativo de 2,26 por cento nas tarifas da distribuidora Eletropaulo.

O índice final já leva em conta a revisão tarifária negativa de 9,33 por cento aprovada na segunda-feira.

Para os consumidores de baixa tensão (como residências) o reajuste da Eletropaulo foi de menos 1,45 por cento e para os de alta tensão, como indústrias, de menos 3,71 por cento.

Segundo o relator Julião Coelho, nos próximos quatro anos a tarifa a ser percebida pelos consumidores da Eletropaulo deverá ficar relativamente estável.

Isso acontecerá porque, a partir de 2013, será descontado dos reajustes anuais da empresa a compensação pelo período de julho do ano passado a julho deste ano, período durante o qual não foi aplicada a redução de 9,33 por cento referente à revisão tarifária de 2011.

Aprovada na segunda-feira pela Aneel, a revisão tarifária da Eletropaulo deveria ter entrado em vigor no ano passado, mas não o foi porque a agência só concluiu no fim de 2011 a elaboração das regras do terceiro ciclo de revisão para o setor de distribuição.

As novas tarifas da Eletropaulo entram em vigor na quarta-feira, 4 de julho.