Amostra de sangue de Gandhi vai a leilão em Londres

Sangue do líder indiano serão vendidas em Londres com expectativa de arrecadar entre 10 mil e 15 mil libras

Londres – Duas lâminas de microscópio que contêm o sangue do líder indiano Mahatma Gandhi serão vendidas em Londres na terça-feira, com expectativa de arrecadar entre 10 mil e 15 mil libras (15,2 mil e 22,8 mil dólares).

As lâminas foram obtidas em 1924, quando o pai do movimento de independência da Índia se recuperava da remoção do apêndice em um local perto de Mumbai. Especula-se que ele tenha doado seu sangue para a família que o abrigava à época.

“Para devotos de Gandhi, as lâminas têm o mesmo status que uma relíquia sagrada para um cristão”, disse Richard Westwood-Brookes, um especialista em documentos históricos da casa de leilões Mullock, que está vendendo o item.

“É um artefato que é reverenciado pelos discípulos de Gandhi, particularmente na Índia e, portanto, esse é o tipo de pessoa que o compraria”, acrescentou.

As lâminas integram uma coleção maior de itens obtidos pela Mullock, que incluem sandálias, xale e roupa de cama do ex-líder.

A demanda por memorabilia de Gandhi tem aumentado desde que a Mullock vendeu amostras de solo vendidos e lâminas de grama ensanguentada supostamente colhidas no local onde Gandhi foi assassinado em 1948, por 10 mil libras (15,2 mil dólares) no ano passado.