Amigos da Síria culpam Assad por falta de avanço

Aliança de países árabes e principalmente ocidentais, reuniram-se em Genebra na sexta-feira, logo após o final da primeira rodada de negociações

Genebra – Potências internacionais que apoiam a oposição síria culparam o governo do presidente Bashar al-Assad nesta sexta-feira pela falta de avanço nas negociações de paz em Genebra.

Os ‘Amigos da Síria’, uma aliança de países árabes e principalmente ocidentais, reuniram-se em Genebra na sexta-feira, logo após o final da primeira rodada de negociações, e fizeram um apelo a Assad para não obstruir novas rodadas de conversas.

“O regime é responsável pela falta de progresso real na primeira rodada de negociações. Ele não deve mais obstruir a realização de negociações substanciais e precisa se engajar construtivamente na segunda rodada de negociações”, disse o grupo em um comunicado.

A primeira rodada de negociações de paz sobre a Síria terminou nesta sexta-feira com os dois lados irredutíveis nas suas posições e com a frustração do mediador da ONU pela falta de acordo para o envio de ajuda humanitária a uma cidade sitiada.

A Síria vive uma guerra civil há três anos que já matou mais de 100 mil pessoas.