Aleppo tem 122 mortos em dois dias, diz Defesa Civil

Mortes foram causadas por bombardeiros contra os bairros do leste da cidade

Beirute – A Defesa Civil da Síria subiu nesta quinta-feira para 122 o número de mortos nos últimos dois dias por conta de bombardeios contra os bairros da metade leste da cidade de Aleppo, sitiada pelo Exército e controlada pelos rebeldes.

Em dois comunicados, os também chamados capacetes brancos afirmaram que pelo menos 81 pessoas morreram ontem; enquanto outras 41 faleceram na terça-feira.

Os ataques aéreos aconteceram nos distritos de Al Firdus, Misir, Qataryi, Helik, Bustan al Qasr e Zabdie.