Alemanha não mudará política mesmo com reféns nas Filipinas

Declaração foi dada após a divulgação de ameaças de morte contra um refém alemão nas Filipinas

Berlim – A Alemanha não vai mudar sua política no Iraque e na Síria, declarou nesta quarta-feira uma porta-voz do ministério das Relações Exteriores, depois da divulgação de ameaças de morte contra um refém alemão nas Filipinas.

As ameaças foram captadas por um site americano de vigilância de atividades islamitas na internet, o SITE, segundo o qual um grupo islamita filipino tem seu poder dois reféns alemães e ameaçou matar um deles.

“Vimos estas informações”, confirmou a porta-voz.