Autoridades alemãs não identificam relação de motorista com terrorismo

Vinte pessoas ficaram feridas, das quais seis estão em estado greve; outras três, incluindo o motorista, morreram

As autoridades de segurança da Alemanha informaram há pouco que não identificaram uma relação direta do motorista de uma van que atropelou dezenas de pessoas em frente a um restaurante no centro histórico de Münster.

O secretário do Interior do Estado de Rhine-Westphalia do Norte, Herbert Reul, ressaltou que a investigação ainda está em fase inicial, mas “no momento, nada indica que haja um inclinação ou relação com terrorismo”. “Estamos observando todas as possibilidades”, explicou o secretário .

Também foi confirmado o número de vítimas fatais: três no total, sendo duas pessoas que não resistiram aos ferimentos, e o próprio condutor do veículo, que se matou após o incidente. A polícia informou que 20 pessoas ficaram feridas, das quais seis estão em condição grave.

Informações do portal português de notícias Público indicam que o motorista da van teria problemas psiquiátricos. (Caio Rinaldi, com Associated Press).