Alemanha apela à Rússia para apoiar resolução sobre Síria

País apelou aos membros do Conselho de Segurança da ONU para apoiar a resolução proposta pela Grã-Bretanha condenando os ataques das forças do presidente sírio

Berlim – A Alemanha fez um apelo nesta quarta-feira aos membros do Conselho de Segurança da ONU, especialmente à Rússia, para apoiar a resolução proposta pela Grã-Bretanha condenando os ataques das forças do presidente sírio, Bashar al-Assad, e autorizando “medidas necessárias” para proteger civis.

“Nós saudamos a iniciativa britânica de fazer o Conselho de Segurança da ONU considerar novamente o uso de armas químicas na Síria. Nós apelamos a todos os membros do Conselho de Segurança, em particular à Rússia, que aproveitem essa oportunidade e contribuam para uma posição comum por parte da comunidade mundial contra o uso de armas químicas de destruição em massa na Síria”, disse o ministro das Relações Exteriores alemão, Guido Westerwelle.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, disse nesta quarta-feira que a Grã-Bretanha vai apresentar uma proposta de resolução ao Conselho de Segurança da ONU condenando os ataques feitos pelas forças de Assad e autorizando “medidas necessárias” para proteger civis do uso de armas químicas.

A resolução será apresentada ao Conselho de Segurança em Nova York nesta quarta, disse um porta-voz de Cameron em comunicado.