Alckmin privilegia prefeitos do PSDB ao liberar recursos, diz jornal

Levantamento do jornal Folha de S. Paulo aponta que 40% das verbas estaduais para prefeituras foram repassadas a municípios comandados por tucanos

São Paulo — Um levantamento divulgado hoje pelo jornal Folha de São Paulo aponta que o governo de Geraldo Alckmin destinou 40% dos recursos relacionados com emendas de deputados a municípios administrados pelo seu partido, o PSDB.

Apresentadas por deputados, as emendas permitem destinar recursos do estado a obras nos municípios. Mas a verba só é liberada com aprovação do poder executivo. Embora o governo paulista diga que não leva em conta a coloração partidária, o jornal constatou a clara predominância de prefeituras do PSDB no destino dos recursos.

Cidades comandadas pelo PT, que tem a maior bancada na Assembleia Legislativa do estado, por exemplo, receberam só 9% dessa verba, que soma 45 milhões de reais neste ano. A Folha de São Paulo também menciona suspeitas de irregularidade na elaboração das emendas. O deputado Roque Barbieri, do PTB, teria dito ao jornal que 30% dos parlamentares negociam emendas com empreiteiras e prefeitos.