Al Qaeda publica revista em inglês para ajudar militantes

A revista, publicada em websites extremistas, também alerta a França que se retire do Mali

Riad – A Al Qaeda na Península Arábica (Aqap, na sigla em inglês), mais ativo braço da organização islâmica, publicou uma revista escrita em inglês ensinando seus simpatizantes sobre como incendiar carros estacionados e causar acidentes de trânsito.

A revista, publicada em websites extremistas, também alerta a França que se retire do Mali e lista 11 personalidades do Ocidente, incluindo o autor Salman Rushdie, como “procurados vivos ou mortos por crimes contra o Islã”.

A Aqap, que tem sede no problemático e pobre Iêmen, previamente já havia planejado derrubar aviões comerciais e é vista pelos governos ocidentais como um perigo para os Estados produtores de petróleo do Golfo Pérsico e as grandes rotas de exportação do produto.

Em uma seção intitulada “Jihad de código aberto”, a revista dá dicas de como incendiar carros, incluindo conselhos como “não derrame gasolina em você mesmo”, e sugere que os militantes espalham óleo em estradas para causar acidentes.

Um editorial da revista alertou a França que encerre sua intervenção militar em Mali, citando as experiências dos EUA no Afeganistão e no Iraque, que, segundo a publicação, “fizeram eles roerem as unhas de arrependimento”.