Al Qaeda e EI dizem que fala de Trump agrava guerra contra islã

Os dois grupos disseram que a fala de Trump de querer "erradicar o terrorismo radical islâmico dá mais combustível à guerra contra o islã"

São Paulo – Os grupos terroristas Al Qaeda e Estado Islâmico criticaram o discurso de posse do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, dizendo que o republicano pretende continuar em sua “cruzada” contra o islamismo.

Segundo o SITE Intelligence Group, que monitora a atividade global jihadista, os dois grupos disseram que a fala de Trump de querer “erradicar o terrorismo radical islâmico dá mais combustível à guerra contra o islã”.