AIEA se oferece para verificar atividade nuclear na Coreia do Norte

Depois da cúpula entre Trump e Kim, a Agência Internacional de Energia Atômica se propôs a verificar o fim das atividades nucleares na Coreia do Norte

Viena – O diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Yukiya Amano, recebeu com satisfação a declaração divulgada após a cúpula entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un.

“A AIEA seguirá de perto as negociações que serão realizadas entre os dois países para iniciar os resultados da cúpula. A AIEA está pronta para realizar qualquer atividade de verificação na Coreia do Norte a pedido dos países em questão e sujeita à autorização da Junta de Governadores”, disse Amano em comunicado.

Trump e Kim realizaram hoje uma histórica cúpula para discutir um acordo para solucionar a crise nuclear na península.

A Coreia do Norte deixou o Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares (TNP) e, após o colapso das negociações de seis partes, os inspetores da AIEA foram expulsos do país em 2009.

Desde então, a AIEA supervisiona as atividades nucleares da Coreia do Norte só por imagens de satélite e outras fontes secundárias.