AIEA confirma início de enriquecimento de urânio no Irã

Operação é feita na usina de Fordo com supervisão da agência

Viena – A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) confirmou nesta segunda-feira que o Irã começou a enriquecer urânio a 20% na nova usina iraniana de Fordo, localizada sob uma montanha para impedir um possível ataque aéreo.

“A AIEA pode confirmar que o Irã iniciou a produção de urânio enriquecido até 20% (…) na usina de enriquecimento de Fordo”, disse a organização em um comunicado.

“Todo o material nuclear na instalação permanece sob a supervisão da agência”, acrescentou o texto.

O representante iraniano na AIEA, Ali Asghar Soltanieh, havia anunciado anteriormente ao canal de televisão iraniano em língua árabe Al Alam que seu país iniciou o programa de enriquecimento de urânio “sob supervisão da AIEA”.

Um diplomata ocidental na sede da AIEA em Viena confirmou posteriormente esta informação.

O enriquecimento de urânio está no centro do conflito que opõe há anos o Irã e a comunidade internacional, que teme que o programa nuclear iraniano tenha realmente fins militares, apesar das frequentes negações de Teerã.