Agências da ONU recebem com cautela acordo da UE sobre imigração

O porta-voz da ONU disse que os centros de desembarque não devem ser localizados nos países de origem devido à insegurança e sim na Europa

Genebra – Agências da ONU receberam com cautela, nesta sexta-feira, um acordo sobre imigração alcançado por líderes da União Europeia, pedindo que os Estados-membros do bloco compartilhem a responsabilidade e ajudem países mais vulneráveis como a Itália.

“Nós vamos acolher qualquer resultado que leve a uma abordagem mais colaborativa e harmônica ao asilo, e que também tenha em seu centro e como prioridade salvar vidas no mar”, disse Charlie Yaxley, do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), em coletiva de imprensa em Genebra.

Leonard Doyle, da Organização Internacional para Migração da ONU, disse que “qualquer solução precisa ser uma solução europeia”.

“Não estamos falando sobre centros de processamento externos, esse é o ponto-chave… Esses centros precisam ser na Europa”, disse, acrescentando que pontos de desembarque não devem ser localizados na Líbia devido à insegurança.