Acordo de Paris vai impulsionar energia limpa, diz Obama

O presidente dos EUA, disse que o acordo internacional sobre o clima fechado em Paris estabelece uma demanda por energia limpa

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta sexta-feira que o acordo internacional sobre o clima fechado em Paris estabelece uma demanda por energia limpa que não será dependente de ação do Congresso dos Estados Unidos.

“Nós agora temos um mercado global por energia limpa que é estável e vai se acelerar durante o curso da próxima década”, disse Obama em entrevista coletiva na Casa Branca.

“Isso então cria uma dinâmica diferente que é independente do que o Congresso faz, mas que também ajuda a moldar o que o Congresso faz”, disse.