“A pior de todas”, diz Trump sobre audiência do Emmy após piadas

Presidente americano foi alvo de diversas piadas durante a cerimônia de premiação

São Paulo – Donald Trump voltou a criticar os Emmys “manipulados”, nas palavras dele, apontando para as baixas avaliações da premiação que ocorreu no último domingo, 17.

“Fiquei triste ao ver o quão ruins estavam as avaliações nos Emmys ontem à noite – as piores de todas. As pessoas mais inteligentes entre todos eles são as ‘deploráveis'”, tuitou o presidente norte-americano.

De fato, a premiação teve a menor audiência de todos os tempos, com 11,38 milhões de espectadores, quase a mesma do ano passado.

O apresentador do show, Stephen Colbert, não se esquivou de fazer piadas sobre Trump, citando uma música e um número de dança que inclui uma piada com o personagem de Julia Louis Dreyfus no seriado Veep: “Imagine se o seu presidente não é amado pelos nazistas?”, disse.

As piadas se prolongaram durante todo o monólogo de abertura da premiação. Colbert brincou que Trump “parece ter muito tempo” para assistir TV. “Olá, senhor, obrigado por se juntar a nós. Aguardo os tuítes”, cutucou o apresentador.

Depois, ele apontou que Trump e Alec Baldwin, que interpreta o presidente dos EUA no programa “Saturday Night Live”, eram as maiores estrelas daquele show. O ator venceu o prêmio de melhor ator coadjuvante de comédia por sua paródia do líder norte-americano.

A relação entre Donald Trump e o Emmy Awards vem de muito tempo atrás. “O Aprendiz”, programa que ele apresentava, chegou a ser indicado algumas vezes, mas nunca foi premiado.

Durante um debate presidencial com Hillary Clinton no ano passado, a democrata falou sobre o número de vezes que Trump alegou que algo foi “manipulado” contra ele.

“Houve um momento em que ele não recebeu um Emmy por seu programa de TV em três anos seguidos e começou a tuitar que os Emmys foram manipulados contra ele”, disse. “Deveria ter ganhado”, interrompeu Trump, na ocasião.