A manifestação de grupos religiosos contra lei anti-homofobia em imagens

Chamada de Marcha da Família, o protesto contou também com a participação do polêmico deputado Jair Bolsonaro. Houve conflitos com grupos favoráveis aos direitos gays

São Paulo – A Marcha da Família na última quarta-feira (1) reuniu em Brasília católicos e evangélicos para uma manifestação contra o Projeto de Lei 122 (PL 122), que reconhece homofobia como crime. Estima-se que entre 25 mil e 50 mil pessoas compareceram no protesto, que contou com a presença do polêmico deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ).

Outro grupo de manifestantes em menor número, composto de militantes dos direitos gays, contestou o movimento dos religiosos. A mobilização ocorreu na Esplanada dos Ministérios.

No mesmo dia, as bancadas de deputados e senadores evangélicos e católicos impediram a aprovação da criminalização da homofobia no Congresso Nacional. Políticos do segmento também defendem a anulação da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a união estável de pessoas do mesmo sexo.

Confira as fotos da manifestação.