40 terroristas morrem em confronto no Iêmen

Em comunicado, a fonte destacou que, após os confrontos, as forças iemenitas recuperaram o controle de uma área próxima a Shoqra

Sana – Pelo menos 40 supostos membros da rede terrorista Al Qaeda morreram nesta quinta-feira e dezenas ficaram feridos em combates com as tropas iemenitas na cidade litorânea de Shoqra, reduto da organização terrorista no sul do Iêmen, informou o Ministério da Defesa local.

Em comunicado, a fonte destacou que, após os confrontos, as forças iemenitas recuperaram o controle de uma área próxima a Shoqra e localizada a cerca de 20 quilômetros de Zinyibar, capital da província de Abian.

Além disso, a nota informou que unidades do Exército e da Marinha nacional impuseram um cerco em Shoqra, onde se acredita que estejam refugiados cerca de 300 combatentes da Al Qaeda que fugiram dos combates nas localidades vizinhas de Zinyibar e Yaar.

As duas cidades foram recuperadas há dois dias pelo Exército, após permanecer quase um ano sob o controle da organização terrorista.

Na última quarta-feira, outros 30 supostos terroristas morreram em dois ataques aéreos contra seus refúgios na província de Shabua, a 570 quilômetros do sudeste de Sana.

As autoridades não descartaram que os atos tenham sido comandados por combatentes que fugiram de Zinyibar e Yaar, cujo ataque por parte das tropas faz parte da ampla ofensiva lançada em 12 de maio.

No último ano, a Al Qaeda aumentou sua atividade no Iêmen graças à instabilidade vivida pelo país desde janeiro de 2011, quando iniciaram as revoltas populares contra o presidente Ali Abdullah Saleh, que renunciou ao poder em fevereiro.