23 mortos em mais um dia de violência no Iraque

Nenhum grupo reivindicou a autoria dos ataques até o momento, mas os atentados ocorrem em um momento de recrudescimento da violência sectária no país

Bagdá – Pelo menos 23 pessoas morreram e dezenas mais ficaram feridas em uma nova jornada de violência no Iraque, informaram autoridades locais.

Nenhum grupo reivindicou a autoria dos ataques até o momento, mas os atentados ocorrem em um momento de recrudescimento da violência sectária no país.

Ao longo do ano passado, 8.868 pessoas morreram em episódios do gênero no Iraque, segundo um levantamento da Organização das Nações Unidas (ONU).

No mais grave atentado do dia, a explosão de um carro-bomba na zona leste de Bagdá provocou a morte de pelo menos dez pessoas nesta segunda-feira, informaram autoridades locais.

A explosão o veículo repleto de explosivos ocorreu no estacionamento de uma área comercial de Ur, um bairro bagdali com população predominantemente xiita.

De acordo com uma fonte na polícia, além das dez pessoas mortas, 23 ficaram feridas. Uma fonte hospitalar confirmou as informações.

Em Karrada, na região central de Bagdá, a explosão de um outro carro-bomba deixou oito mortos e 25 feridos.

No bairro sunita de Ghazaliyah, quatro pessoas morreram e 11 ficaram feridas na explosão de outro carro-bomba.

Também na capital iraquiana, uma terceira explosão matou uma pessoa e feriu sete no bairro de Amil. Fonte: Associated Press.

Atualizado às 16h52.