Zynga cai 40% na bolsa e acende alarme para Facebook

Empresa que produz jogos para a maior rede social do mundo decepcionou o mercado

São Paulo – As ações da Zynga (ZNGA) despencaram 40% nas negociações realizadas após o fechamento dos mercados (after-market) na bolsa americana Nasdaq. A desenvolvedora de jogos para redes sociais (como o FarmVille) apresentou um resultado que ficou muito aquém das expectativas do mercado.

Os papéis, que encerraram o pregão normal a 5,08 dólares, terminaram as negociações pós-mercado a 3,05 dólares. Os ativos foram vendidas no IPO (Oferta Inicial de Ações, na sigla em inglês) a 10 dólares em dezembro de 2011. A empresa captou 1 bilhão de dólares, na sexta maior operação do tipo no setor de internet no mundo.

No último trimestre, o Zynga apresentou uma perda de 22,8 milhões de dólares, ou 3 centavos de dólar por ação, comparado com um lucro de 1,4 milhão de dólares um ano antes. As receitas aumentaram em 19%, para 332,5 milhões de dólares. Analistas consultados pela Thomson Reuters aguardavam um lucro de 5 centavos por ação. A receita era esperada em 342,8 milhões de dólares.

Facebook

O resultado pode ser uma dica para quem aguarda o primeiro resultado do Facebook desde a polêmica oferta inicial de ações. A reação dos papéis da empresa no after-market pode indicar que os investidores já ficaram com a pulga atrás da orelha. As ações (FB) da empresa de Mark Zuckerberg despencaram 8,04%, para 26,98 dólares, após terminarem a sessão normal vendidas a 29,34 dólares. Os resultados do segundo trimestre serão apresentados nesta quinta-feira, após o fechamento do mercado.

Aproximadamente 18% das receitas do Facebook são originadas pelo Zynga. Analistas explicam que parte dos jogadores pode estar migrando para jogos instalados no próprio celular, deixando de lado os ligados à rede social.