XP prepara abertura de capital nos EUA, diz site

Corretora ainda não decidiu se fará a abertura na Bolsa de Nova York ou na Nasdaq, segundo reportagem

A XP Investimentos, hoje a maior corretora independente do mercado, contratou bancos de investimento para preparar sua abertura de capital (IPO na sigla em inglês) na bolsa até o fim deste ano.

Segundo o site Brazil Journal, a corretora, fundada e comandada por Guilherme Benchimol, contratou o JP Morgan, o Goldman Sachs e o Morgan Stanley para coordenar a operação. A própria XP fará parte do sindicato de distribuição.

Segundo o site, a corretora ainda não decidiu se fará a abertura nos Estados Unidos na Bolsa de Nova York ou na Nasdaq, mas o objetivo é que a oferta ocorra em meados de dezembro ou fim de janeiro. A oferta deverá ser majoritariamente primária, com emissão de novas ações.

A estimativa é que a corretora pode ser avaliada em US$ 10 bilhões, ou R$ 40 bilhões. A XP estaria fechando este ano com um lucro líquido de R$ 1 bilhão e ativos sob custódia de R$ 300 bilhões. A meta é chegar a R$ 1 trilhão em ativos até o fim de 2020.

Procurada, a XP não comentou as informações da reportagem do site.

Essa notícia foi publicada originalmente no site Arena do Pavini