XP Investimentos eleva recomendação de Petrobras para ‘compra’

A percepção de menor intervenção do governo na estatal tem como base afirmações do presidente eleito de que manteria repasses de preços

A XP Investimentos elevou a recomendação para as ações da Petrobras para ‘compra’ ante ‘neutra’, elevando o preço-alvo das preferenciais para 33 reais ante 28 reais e dos papéis ordinários para 32 reais ante 27 reais, após a eleição de Jair Bolsonaro para a Presidência, enxergando menor intervenção na política de preços de combustíveis da empresa a partir de 2019.

O analista Gabriel Francisco afirmou em nota a clientes que a percepção de menor intervenção tem como base afirmações do presidente eleito de que manteria repasses de preços de petróleo e câmbio mesmo que com uma frequência menor.

Veja também

“Assim sendo, com maior visibilidade na capacidade de geração de caixa da Petrobras, vemos espaço para uma maior valorização das ações e redução do nível de desconto em relação às petroleiras globais em termos de múltiplos, atualmente em 15 por cento”, afirmou o analista, que também vê possível geração de valor por meio da continuidade do plano de venda de ativos, o que ajudaria no processo de redução de endividamento da empresa.

As ações preferenciais da Petrobras fecharam a 27,60 reais na sexta-feira e os papéis ordinários encerraram a 30 reais.