Wall Street sobe após relatório de empregos, ruma para queda

Principais índices acionários continuavam caminhando em direção a marcar a segunda queda semanal

Nova York – As ações norte-americanas avançavam nesta sexta-feira diante do resultado melhor que o esperado do relatório de emprego de setembro, mas os principais índices acionários continuavam caminhando em direção a marcar a segunda queda semanal.

Às 12h09 (horário de Brasília), o indicador Dow Jones subia 0,85 por cento, a 16.943 pontos, enquanto o índice Standard & Poor’s 500 tinha valorização de 0,93 por cento, a 1.964 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq ganhava 1,19 por cento, a 4.482 pontos.

O relatório mostrou criação de 248 mil vagas fora do setor agrícola no mês passado, contra expectativa de 215 mil. O número de agosto foi revisado para cima para 180 mil, ante 142 mil anteriormente.

O relatório aliviou temores sobre o ritmo de crescimento econômico e, ao mesmo tempo, não foi considerado forte o suficiente para influenciar a avaliação do Federal Reserve, banco central norte-americano, sobre quando elevar a taxa de juros.

As ações têm mostrado volatilidade, influenciadas recentemente pelo primeiro diagnóstico de um paciente com Ebola nos EUA. Os principais índices têm visto fortes variações diárias, com o S&P 500 registrando superando a oscilação diária média em todas as sessões desta semana.

“Estamos olhando para um cenário fudamental bastante sólido, que nos orienta para cima, mas isso não impede nenhum recuo forte “, disse a chefe de estragégia de investimento e pesquisa do MV Financial Katrina Lamb, acrescentando que qualquer recuo deve ser curto.