Wall Street opera estável antes de ata do Fed

Investidores relevavam estimativas pessimistas de lucro de varejistas como Lowe's e Target

Nova York - As bolsas americanas operavam quase estáveis nesta quarta-feira após duas altas seguidas, antes da divulgação da ata de reunião do <strong><a href="http://www.exame.com.br/topicos/fed">Federal Reserve</a></strong>, com investidores relevando estimativas pessimistas de lucro de varejistas como Lowe's e Target.</p>

Às 12h36 (horário de Brasília), o índice Dow Jones avançava 0,21 por cento, para 16.954 pontos. O índice Standard & Poor’s 500 tinha alta de 0,11 por cento, para 1.983 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq tinha estabilidade, a 4.527 pontos.

Investidores buscarão na ata do Fed, que será divulgada às 15h (horário de Brasília), pistas sobre quando o banco central dos EUA aumentará juros. Na reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) em julho, o Fed reduziu o programa de compra de títulos em mais 10 bilhões de dólares.

A reunião anual de banqueiros centrais em Jackson Hole, Wyoming, entre quinta-feira e sábado também será acompanhada em busca de pistas sobre a trajetória da política monetária.

“Queremos saber o que vai acontecer neste ano, estamos avaliando o próximo ano e por isso precisamos do tipo de coisa que virá dessa conferência”, disse a analista sênior do Fort Pitt Capital Group, Kim Forrest.

A ação da Lowe’s caía, reduzindo parte das quedas, após reduzir sua projeção de vendas para o acumulado do ano. A varejista divulgou resultados melhores que o esperado para o segundo trimestre.

O papel da Target subia, relevando declínios vistos mais cedo depois que seu balanço ficou aquém das estimativas de analistas e a companhia cortar a estimativa para o ano.