Wall Street opera em alta por setor de tecnologia

Nova York – As bolsas de valores dos Estados Unidos operavam em alta nesta segunda-feira, com ganhos no setor de telecomunicações e dados sobre o gasto do consumidor norte-americano elevando a confiança do mercado, mas preocupações com o cenário externo podem trazer volatilidade.

A crise nuclear no Japão e os conflitos com insurgentes no Oriente Médio e no norte da África têm pressionado o mercado nas últimas semanas. Ainda que boa parte das perdas tenha sido recuperada, os investidores continuam alertas.

“De certa forma, os investidores ficaram acostumados a notícias ruins e as coisas continuam parecendo boas no âmbito doméstico”, disse Bruce McCain, estrategista-chefe de investimentos do Key Private Bank, em Cleveland, Ohio.

O gasto do consumidor dos EUA subiu ligeiramente mais que o esperado em fevereiro e a inflação acelerou no maior ritmo desde junho de 2009. [ID:nN28176856] O setor de telecomunicações <.GSPL> subia 1 por cento. A Robert W. Baird elevou uma série de empresas do segmento para “outperform”, incluindo as componentes do Dow Jones AT&T e Verizon , dizendo que o acordo da AT&T para comprar a T-Mobile ajudará a estabilizar a indústria altamente competitiva.

As ações da AT&T se apreciavam 1,1 por cento, par 29,18 dólares, e os papéis da Verizon avançavam 0,9 por cento, para 37,62 dólares.

Às 11h55 (horário de Brasília), o índice Dow Jones <.DJI>, referência da bolsa de Nova York, subia 0,28 por cento, para 12.254 pontos. O índice Standard & Poor’s 500 <.SPX> avançava 0,26 por cento, a 1.317 pontos.

O termômetro de tecnologia Nasdaq <.IXIC> ganhava 0,18 por cento, para 2.748 pontos.

Água altamente radioativa vazou de um reator do complexo nuclear danificado no Japão, renovando preocupações sobre os reatores do país após o terremoto e o tsunami. [ID:nN28172812] Enquanto isso, a violência se espalhava pela Líbia, com rebeldes tomando o controle sobre uma série de cidades das forças de Muammar Gaddafi. Na Síria, o presidente Bashar al-Assad usou o Exército pela primeira vez no principal porto do país após quase duas semanas de protestos.

As ações listadas nos EUA da Nokia subiam 5,1 por cento, para 8,78 dólares, após o Goldman Sachs elevá-las para “compra”, citando o potencial de crescimento da companhia no longo prazo.