Wall Street cai por investigação do FBI a Hillary Clinton

O índice industrial Dow Jones caiu 0,05%, o tecnológico Nasdaq recuou 0,50% e o S&P 500 baixou 0,31%

Wall Street caiu nessa sexta-feira atingida de surpresa pelo anúncio do FBI de reabrir a investigação sobre os e-mails da candidata presidencial americana Hillary Clinton.

O índice industrial Dow Jones caiu 0,05%, a 18.161,19 unidades, o tecnológico Nasdaq recuou 0,50%, a 5.190,10 unidades, e o S&P 500 baixou 0,31%, a 2.126,41 unidades.

As ações operavam tranquilamente em alta antes de o chefe do FBI, James Comey, informar a congressistas a retomada das investigações sobre esses e-mails.

Hillary Clinton tem sido a favorita dos mercados durante a campanha pelas eleições presidenciais de 8 de novembro, enquanto que seu rival republicano, Donald Trump, era visto como um líder imprevisível.

Analistas disseram que a decisão do FBI favorece as chances de Trump depois de várias semanas nas quais Hillary Clinton aparece à frente nas pesquisas de intenção de voto.

“Desde as últimas duas semanas, uma das certezas era o resultado da eleição e agora isso é colocado em questão”, disse Art Hogan, da Wunderlich Securities. “Isso não vai ser bom para os mercados”, acrescentou.

No mercado de títulos, às 20H20 GMT (17H20 horário de Brasília), o rendimento dos bônus do Tesouro americano a 10 anos caiu para 1,845%, de 1,849% na quinta-feira, enquanto o dos bônus a 30 anos subiu para 2,616%, contra 2,611% da sessão anterior.