Wall Street abre em alta com JPMorgan e dado dos EUA

Nova York – As bolsas norte-americanas abriram em alta hoje, com o indicador favorável sobre os pedidos de auxílio-desemprego e o resultado positivo do JPMorgan desviando as atenções dos problemas relacionados às dívidas do país e da Europa. Às 10h34, o índice Dow Jones avançava 0,09%, o Nasdaq registrava ganho de 0,17% e o S&P-500 subia 0,21%.

O número de novos pedidos de auxílio-desemprego caiu 22 mil na semana até 9 de julho para 405 mil, superando a queda de 3 mil prevista pelos economistas ouvidos pela Dow Jones. Os demais números mostraram que o índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) caiu e as vendas no varejo subiram em junho.

As ações do JPMorgan subiram 2,4% nas operações pré-mercado após a blue chip informar lucro no segundo trimestre superior às previsões, graças a um inesperado salto nas receitas e queda nos custos com provisões para perdas com crédito.

Ainda no pré-mercado, as ações da ConocoPhillips subiram 8,7% em reação à notícia de que a companhia pretende separar suas operações de refino e produção em duas companhias de capital aberto.

O Google, que informa seu balanço depois do fechamento, subiu 0,6%. As informações são da Dow Jones.