Vulcabras Azaleia prevê concluir oferta de ações em dois meses

De acordo com o documento, os fundos L4E, Suez, Bartelle e PGB serão os acionistas vendedores na oferta secundária

São Paulo – A Vulcabras Azaleia previu a estreia das negociações de suas ações que serão vendidas no âmbito de uma oferta pública em 23 de outubro, segundo prospecto preliminar da operação publicado nesta segunda-feira no website da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

De acordo com o documento, os fundos L4E, Suez, Bartelle e PGB serão os acionistas vendedores na oferta secundária, papéis detidos por atuais sócios.

No documento, a fabricante de calçados afirmou também que pretende usar recursos da oferta primária (ações novas) para aumentar seu patrimônio líquido e reduzir seu o endividamento.

A companhia, dona de marcas como Olympikus, Azaleia, Dijean, OLK, tinha anunciado na sexta-feira que seu conselho de administração aprovou os procedimentos para pedir registro da oferta primária e secundária, que será coordenada pelos bancosCredit Suisse e Bradesco BBI.