Veja o que importa na agenda do investidor nesta terça-feira

Resultados da OGX, LLX e Rossi concentram o foco do mercado neste pregão

São Paulo – Os investidores devem voltar os olhos nesta terça-feira para a temporada de resultados no Brasil, que conta com os números da OGX, LLX e Rossi. Além disso, nos EUA, uma série de indicadores da economia podem mudar os ânimos do dia.

A temporada de resultados no Brasil conta com a publicação dos números das seguintes empresas: Ampla (CBEE3), Cia Cacique (CIQU3), Dohler (DOHL3), Wetzel (MWET3), CR2 (CRDE3), Forjas Taurus (FJTA3), PDG Realty (PDGR3), Tegma (TGMA3), Rodobens Negócios Imobiliários (RDNI3), OGX (OGXP3), Rossi (RSID3) e LLX (LLXL3).

OGX

Esperado para após o fechamento dos mercados, a expectativa é de que a OGX apresente um resultado fraco no quarto trimestre de 2012.

Segundo análise da Ativa Corretora, o prejuízo líquido deve ficar em torno de 270 milhões de reais, frente aos 344 milhões de reais do terceiro trimestre. O desempenho reflete os menores gastos com poços secos ou subcomerciais, explica a corretora.

Indicadores no Brasil

A agenda econômica se inicia com a publicação do IPC-Fipe da 3ª quadrissemana do mês de março. Depois, às 8h, a Fundação Getúlio Vargas traz a Sondagem da Indústria em março.


Às 10h30, o Banco Central divulga os dados de crédito de fevereiro. “O saldo total deverá registrar leve alta em relação ao mês anterior, +0,7% m/m, devido à alta tanto da carteira de recursos livres quanto de recursos direcionados. O crescimento dos empréstimos para pessoas físicas continua fraco e ainda é reflexo do patamar ainda elevado da inadimplência”, explica o Santander em uma análise assinada pelo Departamento de Pesquisa Econômica.

Estados Unidos

Nos EUA, às 9h30, o mercado conhece o nível das encomendas de bens duráveis em fevereiro. Segundo o site Briefing.com, o consenso do mercado aponta uma alta de 3,8% na passagem mensal.

Depois, às 11h, serão divulgados os indicadores da confiança do consumidor em março (consenso de 66,9 pontos) e de vendas de imóveis novos de fevereiro (consenso de 426 mil unidades).

Europa

Na zona do euro, às 7h, serão publicados os indicadores de confiança na economia e na indústria em março.